Porque os pobres?

Através das explanações aqui proferidas, me ocorreu algumas dúvidas e eu, ainda incapaz de ouvir meu eu interior, convoco sua sabedoria à responder esses questionamentos...

O que é efetivamente a Expiação?
Seria algum tipo de ação? ou retorno de alguma ação que já ocorreu? Temos realmente de sofrer essas consequencias? E se forem ruins, tipo acidente ou coisa do gênero?

E a culpa? Esse medo que se sente de arcar com alguma consequência advinda de um erro...

Quero esclarecer isso, pois tenho ainda essa percepção de algo ruim possa me acontecer por causa do erro e da expiação.. Como desfazer tudo isso?? E como adquirir a convicção de que realmente nada de mal acontecerá?

Peço Perdão, ofereço Perdão
Peço Milagres, ofereço Milagres

Aline.

Respostas


Aline

Ir mãos

A Expiação.

A expiação é desfazer um erro

Então funciona assim, se eu tenho algo a Expiar é porque cometi um erro, equívoco, pecado, carma, ...
Vamos exemplificar para simplificar.

Fui ao supermercado e peguei um bom bom e coloquei no bolso.

Ao passar no caixa para pagar o restante das coisas que comprei, passei com o bom bom no bolso escondido e senti muito medo.

Veja cometi um erro e fiquei com medo.

Cheguei em casa e comentei com meu irmão a respeito do que tinha feito e ele me dissuadiu de ter medo e disse que todo mundo faz isto, e que se não fui pego no supermercado é porque ninguém tinha visto, pediu a metade do bom bom, e ficamos no quarto comendo o fruto do proibido.

Então tocou a campainha e gelamos!!!!!

E se for alguém do supermercado???????

Que alivio não era.

Viram como o medo ainda esta lá agora em ambos?
Cúmplices complicados e aliados no erro.

Meupai hjoras depois me chama e diz: vá ao asupermercado comprar um kg de café.

-Não, eu nãããoo!

Meupai percebe que tem algo errado e pergunta porque o medo, o que aconteceu.

Não posso dizer o que fiz, e projeto o medo em uma barata que vi no supermercado, alegando medo de baratas
Meu pai desconfia mas aceita.
E, manda meu irmão.

Agora tenho medo de baratas e de gerentes de qualquer gerente, pois que meu medo era de que o gerente do supermercado me descobrisse.
E, não gosto ainda de ir ao supermercado, porque me sinto mal nestes supermercados.

Sinto-me culpado pelo que fiz, e arrependido.

Preciso esquecer este erro a qualquer custo.
Mas sei que tenho que pagar pelos meus erros e assim minha mente projeta um castigo, ou auto punição na esperança de que assim o erro seja dissolvido.

Passaram vinte anos.
Estou com medo de baratas
Estou com medo de supermercado.
Estou com medo de qualquer pessoa que possa significar cargos hierárquicos.

Vou a um terapeuta para dar um jeito de acabar com o medo.

O medo é conseqüência a culpa é conseqüência, o arrependimento é conseqüência.
Mas depois de vinte anos e de um monte de erros, culpas. arrependimentos, e medos acumulados feito uma montanha qual a causa de tudo isto?

Estou querendo mudar isto mas não consigo ligar a conseqüência a sua causa.

Terapeutas ajudam a fazer isto.
Agora encontrei na consciência o registro do supermercado.

Encontrei um de meus inúmeros paradoxos.
Quero dissolver o medo e a culpa, por um lado,
e, por outro lado não tenho coragem para ir ao supermercado comunicar o pedido de perdão e propor o pagamento dos danos que causei a vinte anos com as devidas correções.

Alguns dizem: esquece o passado.
Outros dizem pede perdão mentalmente.

Esquecer, agora que investi tanto para encontrar a causa de meu medo?
Isto não mesmo.

Pedir perdão mentalmente não resolve, continuo com o medo e a culpa, e o supermercado com seu prejuízo causado por eu mesmo.

Bem tenho duas opções.
Fazer a Expiação, e se o aceitar o Espírito Santo provê o Milagre, que e oportunizar os encontros e as condições para desfazer totalmente na mente e no físico o erro cometido.

Ou a opção dois, que esta guardada que é a auto punição.
Só que a auto punição ou o castigo não resolve nada.
Ainda assim, vou estar no sofrimento, no medo, e na culpa. e o dupermercado no prejuízo.

Por esta razão apregoamos tanto a aceitação do plano da Expiação par si mesmo.
A comunicação do perdão e a intenção da correção do erro no nível emque foi cometido.

Se foi no supermercado como o nosso exemplo, e foi um erro no nível material, pagar os danos com dinheiro seria a correção.

Lembre sempre:
A Expiação é o principio ou ou começo.
O milagre é o meio.
A cura o resultado final.

Ofereço Milagres

Bênçãos de luz
Jorge

 

©  2004 - Milagres